ANCHYSES JOBIM LOPES   

Psicanalista do CBP-RJ

Mestre em Medicina pela UFRJ

Doutor em Filosofia pela UFRJ



PSICANÁLISE, LITERATURA E TEORIA DA LEITURA












Édipo e seus enigmas

O mito de Édipo e a tragédia do Sófocles como foco do paradigma psicanalítico. Resposta a objeções jungianas da interpretação psicanalítica. A importância do mito na Grécia clássica. Várias leituras da resposta ao enigma da esfinge. Sexualidade infantil, pulsão epistemofílica, fantasias primevas. A pergunta ‘o que é o homem’ na ótica de Kant e Heidegger. A resposta do enigma interpretada pelo nó borromeano.

Publicado em Estudos de Psicanálise, Publicação Anual do Círculo Brasileiro de Psicanálise, Belo Horizonte, nº 44, Belo Horizonte, dezembro 2015.






Sobre o Centro de Atendimento Psicanalítico do CBP-RJ - clínica social, formação e supervisão em psicanálise

História e descrição do Centro de Atendimento Psicanalítico (CAP), clínica social do Círculo Brasileiro de Psicanálise-Seção Rio de Janeiro (CBP-RJ).

Publicado em Estudos de Psicanálise, Publicação Anual do Círculo Brasileiro de Psicanálise, Belo Horizonte, nº 43, Belo Horizonte, julho 2015.






Considerações Sobre o Massacre de Realengo

Questionamento dos diagnósticos de esquizofrenia paranoide ou de crise catatímica elaborados por psiquiatras forenses para caracterizar o assassino. Defesa do diagnóstico de personalidade esquizoide. Tentativa de explicação do papel da internet como uma das causas deste tipo de assassinato em massa. Os traumas sexuais identificáveis a partir das ideias fundamentalistas religiosas misóginas adotadas pelo assassino. Questões relevantes - pré-natais, ao início da vida e primeira infância - para uma explicação psicanalítica do autor do massacre.

Publicado em Estudos de Psicanálise, Publicação Anual do Círculo Brasileiro de Psicanálise, Belo Horizonte, nº 37, Belo Horizonte, julho 2012.






Breve Introdução a Uma História da Libido:
Poetas Latinos, Santo Agostinho e Freud (via Foucault)


Uma dúvida sobre as origens da palavra libido na obra de Freud. O uso do termo libido pelos poetas e escritores latinos e as práticas sexuais que seriam coetâneas as obras destes autores. O uso do termo libido na obra de Santo Agostinho e a condenação de toda sexualidade não reprodutiva na obra agostiniana. A sexualidade na obra freudiana como uma recusa a sexualidade cristã e, ao mesmo tempo, diversa da greco-romana.

Publicado em Estudos de Psicanálise, Publicação Anual do Círculo Brasileiro de Psicanálise, Belo Horizonte, nº 35, Belo Horizonte, julho 2011.









Luto e Melancolia versus Distimia

O uso excessivo de remédios psiquiátricos, principalmente nos quadros de depressão. A utilização das classificações internacionais contemporâneas como facilitadoras deste abuso. A simplificação de vários quadros clínicos diferentes sob o rótulo de distimia. A ideologia cognitivo-comportamental e reducionista induzindo a medicalização. A Psicanálise como método terapêutico e visão de mundo opostas às da que embasam o rótulo de distimia.

Trabalho apresentado e publicado nos anais da XVII Congresso do Círculo Brasileiro de Psicanálise – VI Jornada do Círculo Psicanalítico de Sergipe - VII Jornada Sergipana de Psiquiatria – INTERFACES ENTRE A PSICANÁLISE E A PSIQUIATRIA Aracaju 30 de outubro1º de novembro de 2008

Também Publicado em Estudos de Psicanálise, Publicação Anual do Círculo Brasileiro de Psicanálise, Aracaju, nº 32, nov. 2009.










Eros e Agalma: Roteiro para Amor e Fuga

Artigo sobre a Primeira Parte do Seminário 8 - A Transferência - de Jacques Lacan e o Banquete de Platão.

Publicado em Estudos de Psicanálise, Publicação Anual do Círculo Brasileiro de Psicanálise, Belo Horizonte, nº 26, out. 2003.









Édipo e Seus Mitos - Mais de Um Século

Artigo sobre o mito e sua significação para a psicanálise e como resposta a algumas das principais críticas que lhe são feitas.

Publicado no Boletim Científico, Associação Psicanalítica de Nova Friburgo, nº 02, ano II, Nova Friburgo, Março 2001.